Libras

Notícias

Judô rubro-negro renova contrato de cinco atletas

Ana Beatriz Correia, Júlio Cesar da Silva Borges, Kissila dos Santos, Melanie Lima e Eliza Ramos continuam no Mais Querido por mais uma temporada

Por - em

Foto: Marcelo Cortes / CRF

O Flamengo renovou o contrato de cinco judocas recém-outorgados à faixa preta. Ana Beatriz Correia, Júlio Cesar da Silva Borges, Kissila dos Santos, Melanie Lima e Eliza Ramos farão parte da equipe rubro-negra por, pelo menos, mais uma temporada.

A assinatura aconteceu na tarde da última segunda-feira (22.02) e contou com a presença da técnica principal do judô, Rosicleia Campos, e do vice-presidente de esportes olímpicos Guilherme Kroll.

“Tenho muito orgulho dessa equipe. Eles vieram para o clube ainda muito novos e estão se tornando grandes atletas. Recentemente chegaram à faixa preta, que para o judô é um grande e importante passo. Raça, amor e paixão é o lema da nossa equipe e nós não aceitamos menos que isso no nosso dojô”, contou Rosicleia, que também é coordenadora técnica da Seleção Brasileira de Judô.

Ana Beatriz Correia, de 18 anos, não escondeu a alegria de poder competir pelo clube do coração por mais uma temporada.

“Ano passado foi muito estranho. Não conseguimos fazer o que mais gostamos. O Flamengo é minha paixão, meu primeiro e único clube. Vestir este kimôno representando o clube é uma grande alegria e um enorme prazer”, contou a judoca, que chegou ao clube em 2005.

Eliza Ramos (78kg), embora com 17 anos, é uma das mais experientes do grupo. No início da temporada, ela foi convocada pela CBJ para integrar a seleção principal que fez o treinamento de campo em Pindamonhangaba (SP)

“Estou no Flamengo desde 2018. É muito prazeroso representar esta nação e poder evoluir no esporte. A convocação este ano veio no período de férias, mas valeu muito à pena. Estar entre os melhores é sempre um aprendizado. Quero muito poder alcançar títulos e levar as cores do clube para todos os cantos do planeta”, encerrou Eliza, que já conquistou o vice-campeonato brasileiro pelo Flamengo.


As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.