Libras

Notícias

Rubro-negras participam de treinamento de campo da Seleção Brasileira de Judô

Rosicleia Campos, Sarah Menezes e Duda Diniz já estão em Pindamonhangaba-SP para integrar o elenco nacional

Por - em

Sarah Menezes (de branco) e Duda Diniz (à direita) já se encontram em Pindamonhangaba-SP com a Seleção Brasileira Feminina de Judô.

As judocas rubro-negras Sarah Menezes e Maria Eduarda Diniz, além da treinadora Rosicleia Campos, embarcaram na última segunda-feira (05) para Pindamonhangaba, interior de São Paulo, onde irão participar de mais um treinamento de campo da Seleção Brasileira de Judô, que será realizado entre os dias 5 e 17 de outubro. O evento faz parte do projeto “Missão Portugal” do Time Brasil em parceria com a Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Você pode ajudar a fortalecer os esportes olímpicos do Flamengo e ainda receber vantagens! Acesse o site www.flamengo.com.br/anjo, confira as novidades e torne-se um Anjo da Guarda Rubro-Negro.

Após permanecer dois meses e meio na cidade de Coimbra, em Portugal, a campeã olímpica Sarah Menezes retornou ao Brasil no dia 30 de setembro e passou por avaliações médicas no Flamengo, sendo liberada para participar normalmente dos treinamentos, em Pindamonhangaba-SP, junto com as demais atletas da equipe nacional.

Recém integrada ao Time Flamengo, a judoca Duda Diniz foi convocada pela CBJ para fazer parte do treinamento de campo e dar suporte à equipe brasileira feminina da modalidade. Apesar de estar em seu primeiro ano na categoria Sub-21, Duda já possui experiência em treinamentos e eventos internacionais, sendo campeã do Mundial Estudantil (2019) e medalhista no Circuito Internacional de Base.

Treinadora principal do judô rubro-negro e coordenadora técnica da equipe brasileira feminina, Rosicleia Campos também está acompanhando a delegação nacional na cidade paulista.  


As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.