Libras

Notícias

Debaixo D'água #3 – Híbridas

Série exclusiva do Site Oficial do Mais Querido explica particularidades do nado sincronizado

Por - em
O nado sincronizado é um esporte de muita beleza, mas que também exige de seus atletas precisão, força e principalmente fôlego. Nesta terceira matéria especial da série Debaixo D’água - exclusiva do Site Oficial do Rubro-Negro - vamos apresentar as híbridas, elemento fundamental da modalidade, que compõem as rotinas de apresentação e impressiona ainda mais os expectadores do nado.  Confira as especificidades e curiosidades desse fundamento:
 
As híbridas são uma sequencia de movimentos feitos com as pernas fora d’água ou na superfície, em que, de maneira geral, a atleta se encontra de cabeça para baixo e sem respirar. O tamanho, ou duração, de uma híbrida vai variar de acordo com a coreografia, com o nível técnico da atleta e com a própria capacidade de apneia das atletas.
 
Para aguentar tanto tempo de baixo da água não é incomum vermos atletas treinando especificamente a técnica de apneia, muitas vezes dentro da própria preparação física. Entretanto, não existe preparação melhor que ficar repetindo uma mesma híbrida durante o treino, não só para acertar a execução de cada movimento e a sincronização entre as atletas, mas também para melhorar a capacidade de apneia.
 
 Apesar das híbridas serem um movimento de pernas, não se iluda, os braços também trabalham muito durante a execução desse fundamento. São eles que, embaixo d'água, estão a todo vapor realizando variados "palmateios" para manter as atletas com o máximo de pernas fora d'água, além de ser o responsável pelo deslocamento pela piscina durante a execução das híbridas. E não se esqueça, estes movimentos de braço, que não aparecem fora d'água também precisam estar sincronizados... para isso, além de um olhar muito treinado das técnicas, quando disponível, utilizamos as filmagens subaquáticas como ferramenta de treinamento.
 
Você pode conferir as duas últimas matérias da série aqui e aqui, e saber ainda mais sobre as particularidades e curiosidades do nado sincronizado.
 
As equipes de nado sincronizado do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.