Libras

Notícias

Debaixo d’água: Curiosidades do nado sincronizado rubro-negro

Confira os itens que não podem faltar dentro da piscina para a modalidade

Por - em
A última quarta-feira (22) foi marcada por ser o Dia Internacional da Água e o Site Oficial do Mais Querido foi bater um papo com quem entende do assunto: as meninas do nado sincronizado do Flamengo. A equipe, que costuma treinar quatro horas por dia dentro das piscinas da Gávea, contou um pouco sobre o mundo em que o esporte está, literalmente, imerso e mostrou para gente alguns dos itens indispensáveis no dia a dia das sereias rubro-negras.
 
Quem pensou que bastava um maiô para equipe campeã brasileira se preparar para os desafios da temporada está muito enganado. Confira abaixo todos os acessórios, aparelhos e até movimentos usados pelas nossas atletas dentro d'água:
 
Nose Clip: Esse pequeno acessório é uma espécie de pregador que ajuda as atletas a manter as narinas coladas, bloqueando a entrada da água no nariz quando viram de cabeça para baixo. O Nose Clip não é usado exclusivamente pelo nado sincronizado. Muitas vezes os atletas da natação também usam o aparato.
 
Sistema de som subaquático: Tecnologia que permite que o som utilizado nas coreografias e rotinas também seja escutado embaixo da água. Assim, as atletas têm maior facilidade em marcar os movimentos e manter no ritmo.

Palmateio: A técnica de palmateio consiste nos movimentos que as atletas fazem com os braços. Ele serve para sustentar o corpo dentro da água e até mesmo no deslocamento durante as rotinas.
 
Egg Beater: É o movimento alternado que as atletas fazem com as pernas. O Egg Beater ajuda na sustentação e na locomoção dentro da água. O polo aquático também usa muito esta técnica de pernada, principalmente os goleiros.  
                      
Gelatina incolor: Não é só de técnica e precisão que vive o nado sincronizado. A modalidade, que também é julgada em um quesito artístico, faz com que as atletas se preocupem com a questão estética. A gelatina incolor é usada no cabelo, como uma espécie de gel, para que nenhum fio saia de lugar durante as rotinas extremamente rápidas e dinâmicas.
 
Além de tudo isso, as equipes de nado sincronizado do Flamengo também contam com um fator decisivo: muito treino e dedicação dentro das piscinas. São seis dias por semana se preparando para dar o melhor dentro da água. Apenas no Campeonato Brasileiro do ano passado, o Mais Querido conquistou 21 medalhas e foi o grande campeão do evento, mostrando que o esforço dá resultado.
 
As equipes de nado sincronizado do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.