Libras

Notícias

Laura Miccuci e Maria Clara Lobo formam o novo dueto de olho em Paris 2024

Atletas rubro-negras serão comandadas por Roberta Perillier e Jéssica Noutel

Por - em
A Olimpíada de Tóquio ainda nem terminou e o Flamengo já começa a planejar o próximo ciclo. O nado artístico rubro-negro tem um novo dueto formado já de olho nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024. Maria Clara Lobo e Laura Miccuci, ambas com expressivos resultados no solo, decidiram unir forças com a missão de colocar o Flamengo e o Brasil novamente no topo.

Maria Clara Lobo representa as cores do clube há mais uma década e acredita no sucesso da nova parceria.

“Em 2016, fomos campeãs brasileiras Júnior e acho que a nossa trajetória, embora interrompida por um período, começou ali. Temos um bom entrosamento e tem tudo para dar super certo. Será um longo caminho, mas nós duas temos um objetivo claro e em comum que é Paris 2024”, afirmou.

Laura Miccuci, há sete anos no Flamengo, faz coro com a nova parceira e já conta qual é o primeiro objetivo do novo dueto ainda este ano.

“Estamos bem animadas e focadas. Já iniciamos os treinamentos e vamos nos dedicar muito para conquistar a medalha de ouro no Brasileiro pelo Flamengo”, contou Laura, referindo-se à competição nacional que acontece em dezembro.

A ideia da união das duas atletas tem nome e sobrenome: Roberta Perillier. A coordenadora de esportes artísticos do clube decidiu usar sua experiência de quase 20 anos de Seleção Brasileira e também será a coordenadora técnica do novo dueto olímpico, que terá Jessica Noutel, como treinadora.

“ As duas atletas têm resultados expressivos individualmente, porque então não juntar esses dois talentos? Estamos iniciando um novo trabalho que me fez voltar para a beira da piscina junto com a Jéssica. Queremos ser aquele “quarteto fantástico". O primeiro objetivo, além do Brasileiro é nos tornarmos um dueto de Seleção Brasileiro, afirmou.

“Temos uma nova proposta, estudando os duetos a nível mundial. Fazendo novas e diferentes coreografias. Quanto mais tempo elas treinarem juntas e repetirem essas coreografias, elas vão se aprimorar e alcançar um nível de excelência”, encerrou Perillier.

Jéssica Noutel , de 28 anos, há dois anos fazia parte da equipe rubro-negra de nado artístico e saiu de dentro da piscina para comandar a nova parceria fora d’água.

“ É um grande desafio para mim, mas acredito que tenho muito experiência para passar as duas. Ambas são atletas bem técnicas, com excelente expressão corporal. Vamos trabalhar incansavelmente em busca resultados”, garantiu.

As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.