Libras

Notícias

Maria Clara Lobo conquista o Prêmio Brasil Olímpico 2018

Em evento realizado pelo COB, atleta do Mais Querido vence como melhor nadadora artística deste ano

Por - em
A noite desta terça-feira (18) foi de muita comemoração, em especial, para uma atleta do nado artístico rubro-negro. Isso porque o Comitê Olímpico do Brasil (COB) realizou, no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro, o 20º Prêmio Brasil Olímpico que homenageou os destaques do ano de cada modalidade dos esportes olímpicos brasileiro. E, como sempre esteve no pódio em todas as competições que disputou neste ano, o prêmio de melhor nadadora artística não poderia deixar de ficar com a rubro-negra Maria Clara Lobo.

Maria Clara Lobo recebe o prêmio de melhor nadadora artística de 2018. Foto: Wander Roberto/COB
"Essa é a segunda vez que eu ganho o prêmio e a emoção é a mesma ou até maior. Para os atletas, é muito importante receber esse conhecimento. Fiquei muito feliz em terminar o ano com mais essa conquista!", disse a atleta rubro-negra.

Em junho deste ano, Maria Clara conquistou a medalha de prata nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia, na disputa do Dueto Técnico. No Sul-Americano de Nado Artístico, disputado em novembro, no Peru, a rubro-negra também fez bonito e ganhou a prata na prova de Rotina Livre. E para encerrar o ano em grande estilo, no Campeonato Brasileiro da modalidade, realizado no início de dezembro, Maria Clara Lobo levou o ouro nas provas de Solo Livre e Equipe Livre, ajudando o Rubro-Negro a conquistar o título da competição.


As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.