Libras

Notícias

Rubro-negras da Seleção Brasileira de Nado Artístico encerram participação no Pan-Americano de Lima

Ao todo, seis atletas do Mais Querido representaram a equipe nacional

Por - em
Com a presença de seis atletas do Flamengo, o nado artístico brasileiro encerrou sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Gabriela Regly, Jullia Catharino, Giovana Stephan, Lorena Molinos, Maria Eduarda Miccuci e Laura Miccuci foram as representantes do Mais Querido na modalidade, que se encerrou nesta quarta-feira (31). 

No primeiro dia de competições do nado artístico, as brasileiras entraram na piscina para a disputa das provas de Rotinas Técnicas. No Dueto, Laura Muccuci e sua dupla Luisa Borges ficaram em quarto lugar, com 80.4881 pontos. Na disputa por Equipes, que contou com a participação das rubro-negras Gabriela Regly, Giovana Stephan, Lorena Molinos e Maria Eduarda Miccuci, o Brasil também ficou com a quarta colocação (80.3928 pontos), atrás de Canadá, México e Estados Unidos.

Na prova de Rotina Livre, Luisa e Laura voltaram para a água e conseguiram o quarto lugar na colocação geral. Apesar de não subir no pódio, a dupla brasileira manteve bom nível de atuação durante os momentos da competição. No retrospecto geral, elas chegaram à marca de 162.2214.


As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.