Libras

Notícias

Rubro-negras se classificam para Seleção Brasileira Juvenil e Júnior de Nado Artístico

Confira os resultados da segunda etapa da Seletiva Nacional de Nado Artístico

Por - em
Mais uma vez, a Seleção Brasileira de Nado Artístico será predominantemente rubro-negra. Isso porque inúmeras atletas do Mais Querido estão classificadas novamente para compor as equipe nacionais nas categorias Juvenil e Júnior da modalidade, que participarão de várias competições ao longo do ano. A segunda etapa da Seletiva Nacional aconteceu no Parque Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca (RJ), na última sexta-feira (25), e definiu as últimas classificadas que defenderão as cores do Brasil nesta temporada.

Na segunda fase, mais cinco rubro-negras garantiram suas vagas. Na categoria Júnior, Júllia Catharino, Jaddy Portela, Rebecca Rodrigues e Manuella de Menezes obtiveram a pontuação necessária e garantiram seus lugares no elenco verde e amarelo. Já no Juvenil, Ana Clara Almeida realizou boas apresentações e assegurou o seu lugar no grupo.

Vale lembrar que na primeira etapa da seletiva, realizada em dezembro do ano passado junto com o Campeonato Brasileiro, nove atletas rubro-negros foram selecionados para a Seleção Sênior: Maria Clara Lobo, Giovana Stephan, Lorena Molinos, Laura Miccuci, Maria Eduarda Miccuci, Gabriela Regly, Júllia Catharino, Rebecca Rodrigues e Renan Alcântara.

A primeira competição que a Seleção Brasileira participará será o French Open de Nado Artístico, que acontece entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, na França. Júllia Catharino e Rebecca Rodrigues não participarão da disputa na Europa, pois como as duas pertencem também à equipe Júnior, estarão treinando forte para o Campeonato Sul-Americano, em abril, no Chile.


As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.