Libras

Notícias

Cesar Cielo e Nicholas Santos estreiam com bons resultados em Dubai

Dupla rubro-negra terminou em quarto lugar na eliminatória dos 4x100m livre

Por - em

Cesar Cielo e Nicholas Santos fizeram a diferença na estreia da seleção brasileira no Mundial de Piscina Curta de Dubai, na madrugada dessa quarta-feira (15.12), durante a eliminatória do revezamento 4x100m livre. O quarteto formado pela dupla de rubro-negros, mais Marcelo Chierighini e Nicolas Nilo Oliveira bateu recorde sul-americano ao fazer o percurso em 3m08s71. As parciais dos brasileiros foram: Nicholas (48s29), Cielo (45s76), Chierighini (47s31) e Nilo (47s35). O país está na briga por medalha nesta prova e em quatro semifinais individuais.

\

"Hoje, o importante é começar esse Mundial com uma medalha para o Brasil. Não importa a cor. Acho que o que falta para o Brasil se firmar como grande potência da natação é um time forte de revezamento. Talentos individuais muitos países têm, mas um time de revezamento dá força como equipe, como grupo. É muito emocionante começar assim, superando um tempo que foi tão importante para nós durante tanto tempo. Está todo mundo com muita vontade de fazer o melhor e é isso que importa" – disse Cielo, que ganhou sua primeira medalha num Campeonato Mundial da FINA, aos 17 anos, na prova de 4x100m livre, no Mundial em Piscina Curta de 2004, em Indianápolis, nos Estados Unidos.

\

O tempo do quarteto de Dubai superou a histórica marca de 1998, 3m10s45, que foi o recorde mundial conquistado por Fernando Scherer, Carlos Jayme, Alessandre Massura e Gustavo Borges. Na ocasião, Fernando Scherer era representante do Clube de Regatas do Flamengo.

\

A final promete ser eletrizante, pois o time brasileiro ficou com o quarto tempo não muito distante dos três primeiros – Rússia (3m07s78, novo recorde de campeonato), Austrália (3m08s06) e Estados Unidos (3m08s69).

\

Henrique Barbosa não teve a mesma sorte e acabou sendo desclassificado na eliminatória dos 100m peito.

\

O Mundial de Dubai vai de quarta-feira a domingo, com o programa das eliminatórias começando às 4 horas e semifinais e finais a partir das 13 horas (horário de Brasília). Cielo tem uma única medalha em Mundial de piscina curta, justamente no revezamento 4x100m livre, em que foi prata em Indianápolis/2004 com Thiago Pereira, Nicholas Santos e Christiano Santos.