Libras

Notícias

Daiene Dias faz história no Mundial de Natação

Rubro-negra conquistou o bronze neste domingo (16), em Hangzhou, na China

Por - em

A rubro-negra Daiene Dias conquistou a medalha de bronze nos 100m Borboleta do Campeonato Mundial de Natação, em Hangzhou, na China, e fez história para o Brasil. Neste domingo (16), a capixaba de 29 anos se tornou a primeira atleta do país a subir ao pódio em provas olímpicas na competição.


“Eu estou sem palavras, gente. Pelo amor de Deus. Não estou acreditando. Que sonho. Aliás, nem nos meus melhores sonhos eu me vi subindo no pódio de um Campeonato Mundial. Por dois ciclos olímpicos eu tentei me classificar e nunca consegui, aí deu certo em 2016. Depois da Olimpíada foi acontecendo, fluindo. Treinei muito por uma medalha, mas não saía. Agora saiu”, comemorou Daiene logo após a prova. 


A rubro-negra chegou à final ao se classificar na quarta colocação com o tempo de 56”40. Na decisão, a nadadora conseguiu se superar e marcou 56”31, conquistando o bronze e, de quebra, batendo o recorde sul-americano.

Daiene chegou ao Flamengo em março deste ano e já conquistou medalhas importantes para o Mais Querido. Em agosto, a capixaba conseguiu o ouro nos 100m Borboleta e nos 50m Borboleta no Troféu José Finkel. Na semana anterior, havia conquistado o título do Campeonato Mundial Militar no Revezamento 4x100 Medley Misto. Daiene Marçal Dias integrou a Seleção Brasileira nos Jogos Rio 2016, sendo semifinalista olímpica nos 100m Borboleta e recordista sul-americana nos 50m Borboleta.

Desde que chegou ao clube, a nadadora passou a ser uma das atletas contempladas pelo Anjo da Guarda Rubro-Negro, programa que permite o apoio aos esportes olímpicos com o redirecionamento de até 6% do imposto de renda de pessoa física. Com o valor arrecadado, o Anjo é essencial na compra e manutenção de equipamentos esportivos, contratação de treinadores, pagamento de viagens e taxas para federações e competições, entre diversos outros fatores fundamentais para um atleta.

As equipes de natação do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.