Libras

Notícias

Flamengo conquista onze medalhas e a terceira colocação no José Finkel com grande atuação feminina

Rubro-negras foram responsáveis pelas conquistas do Mais Querido, que contou ainda com convocação para Mundial e Sul-Americano

Por - em
O Flamengo encerrou a participação no Troféu José Finkel de Natação nesta terça-feira (28) com a terceira colocação no quadro de medalhas. Em São Paulo, na piscina do Esporte Clube Pinheiros, o Mais Querido subiu em onze pódios nos seis dias de competição e levou para casa quatro ouros, quatro pratas e três bronzes, todos conquistados pelas mulheres. Para completar, Daiene Dias foi convocada para o Campeonato Mundial de piscina curta e para o Campeonato Sul-Americano. Neste último, vai ter a companhia de outros dois rubro-negros: Nathália Almeida e João De Lucca, também vão compor a Seleção Brasileira no torneio graças aos índices técnicos obtidos no José Finkel. 

O time feminino foi o grande destaque do Flamengo na competição. Daiene, Nathália, Carolina Athayde, a tcheca Barbora Závadova e a espanhola Duane Rocha foram as responsáveis pelas medalhas do clube. Na sexta-feira (24), primeiro dia de disputas, Daiene estreou com o ouro nos 100m Borboleta, ao nadar em 00:56.91. No dia seguinte, dobradinha no pódio dos 200m Medley com Barbora em primeiro e Nathália em terceiro lugar. O bronze de Naná logo virou prata, visto que as conquistas de atletas estrangeiros não contam na pontuação geral do evento e a atleta ficou com a segunda colocação entre as brasileiras. Prata também para Duane Rocha que fez o tempo de 02:07.57 nos 200m Costas e bronze para a equipe do Revezamento 4x200m Livre, que contou com a performance de Carolina Athayde, além de Duane, Naná e Barbora.  

No domingo (26), Carol subiu novamente ao pódio com a prata nos 200m Borboleta. Aos 33 anos, a rubro-negra que se divide entre atleta e técnica da categoria Mirim do Mais Querido conquistou a medalha ao nadar em 02:10.55. Já a segunda-feira (27) foi dia de Daiene Dias voltar ao topo do pódio, dessa vez nos 50m Borboleta, prova que garantiu a convocação para o Campeonato Mundial. Barbora e Naná fizeram nova dobradinha nos 400m Medley, com ouro e bronze, respectivamente. 

A terça-feira (28) marcou o último dia de competição, fechado com a prata no Revezamento 4x100m e a terceira colocação no quadro de medalhas. Em pontuação, o Mais Querido ficou na quinta posição geral, além do terceiro lugar no feminino. Gerente de Esportes Aquáticos do Flamengo, Edson Terra comemorou o feito.

“Esse resultado foi muito expressivo para o Flamengo desde 2012, quando conquistamos o último título do clube em um campeonato Absoluto de natação. Eu acho que essa competição foi a primeira em que conseguimos ter uma representação realmente significativa nesses últimos anos. Ficamos em terceiro lugar no feminino, quinto lugar por pontos e terceiro lugar no quadro de medalhas, então acho essa repercussão vai ser muito boa para motivar o trabalho dos treinadores, dos atletas que já estão aqui e também as equipes de base que enxergam que o Flamengo está voltando a se destacar na ponta”, disse Edson.

Medalha de ouro no Campeonato Mundial Militar na última semana, na Rússia, Nathália Almeida emendou as duas competições, viajando direto para a disputa do Troféu. 

“Para mim foi uma competição de muita superação porque fiquei os três primeiros dias aqui no Brasil sem conseguir dormir por causa do ‘jet lag’, então eu estava realmente muito cansada. Fiquei muito feliz com meus resultados, por poder ajudar o Flamengo a conseguir esse terceiro lugar feminino. Outra coisa que ajudou muito foi a união da equipe e a experiência das meninas mais velhas e das estrangeiras. Foi uma competição em que todos estavam muito felizes nadando”, comentou Naná. 

O Campeonato Mundial de piscinas curtas, que contará com a participação de Daiene Dias, acontece entre os dias 11 e 12 de dezembro, em Hangzhou, na China. O Sul-Americano, com Daiene, Naná e João De Lucca, será realizado um mês antes, entre 7 e 11 de novembro, na cidade de Trujillo, no Peru.

As equipes de natação do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Furnas, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.