Libras

Notícias

Já com índices para o Mundial, rubro-negros "treinam" em seletiva

Tentativa para o Mundial de Xangai garante Flamengo na elite da natação brasileira

Por - em

Terminou neste sábado (24.04), no Parque Aquático Julio de Lamare, a Tentativa para o Mundial de Xangai, a segunda das três seletivas que visa vaga na seleção brasileira de natação que irá disputar a principal competição do calendário de 2011, em julho, na China.

\

Mesmo já tendo índices para integrar a equipe, os rubro-negros Cesar Cielo, Tales Cerdeira, Nicholas Santos, Leonardo de Deus e Henrique Rodrigues fizeram excelentes resultados e garantiram seus tempos.

\

Logo no primeiro dia de seletiva, na quarta-feira, o velocista Cesar Cielo foi o mais rápido nos 100m livre, com o tempo de 48s66, e superou a marca estabelecida pela CBDA que era de 48s74.

\

Cielo também se destacou na disputa dos 50m borboleta, percurso que fez em 23s68 - marca acima do índice de 23s35 que ele já possui pelos 23s03 feitos no Pan-Pacífico, em agosto do ano passado.

\

"Foi a primeira vez que nadei essa prova desde o Pan-Pacífico e os tempos ainda não são os ideais pelo momento de treinamento em que estamos. É nesta hora que todo mundo sente como está e faz os ajustes para a competição principal", disse o campeão e recordista mundial.

\

Cielo, que nadou a seletiva em ritmo de treino, aproveitou e falou dos objetivos para o Campeonato Brasileiro Absoluto – Troféu Maria Lenk, de 2 a 8 de maio, também no Júlio de Lamare, e a última oportunidade para os atletas conseguirem os índices.

\

"No Maria Lenk será outro cenário. Acho que vamos ter muita gente chegando nos índices e o objetivo do nosso grupo (Pro-16) é colocar todos na seleção. E para o Flamengo, acho que um bom objetivo é fazer melhor do que fizemos no ano passado, em que terminamos em quinto lugar, e colocar o maior número de pessoas possível na equipe para  Xangai".

\

Por já ter índice para a disputa dos 50m livre, feita no GP de Michigan - 22s08 -, no início do mês, Cielo preferiu se poupar e não nadou a prova que teve seu parceiro de Clube, Nicholas Santos garantindo o segundo lugar com 22s29. Em primeiro ficou Bruno Fratus, do Pinheiros (22s10). Cielo foi confiante para a disputa dos 100m borboleta e, apesar de não ter conseguido o índice que era de 52s33, o campeão e recordista mundial chegou em primeiro (53s07).

\

"Optei mesmo por provas alternativas, como os 50m e os 100m borboleta. Era o momento de eu continuar competitivo sem a pressão do Maria Lenk", observou Cielo.

\

Outro rubro-negro que rendeu excelentes resultados foi Leonardo de Deus. O nadador assegurou o primeiro lugar nos 200m costas ao fazer o tempo de 1m59s72. Henrique Rodrigues foi o melhor colocado nos 200m medley. O rubro-negro, que também tinha conseguido o índice da CBDA no Pan-Pacífico, foi dois centésimos mais lento do que em agosto de 2010 e completou a prova em 1m59s02.

\

Nos 50m peito, os rubro-negros não tiveram bons resultados. Com o tempo de 29s07, Tales Cerdeira terminou em quinto, enquanto Henrique Barbosa não se classificou.