Libras

Notícias

Revezamento rubro-negro bate recorde Sul-Americano

Cielo comandou quarteto do Flamengo, grande destaque da terceira etapa do Estadual de Natação

Por - em
Sábado de sol e de muitas medalhas. No terceiro dia de disputas pelo Campeonato Estadual de Natação de Inverno, que se encerra hoje à noite, no Parque Aquático Julio Delamare, complexo esportivo do Maracanã, o quarteto formado pelos rubro-negros Henrique Rodrigues (costas), Thiago Parravicini (peito), Nicholas Santos (borboleta) e Cesar Cielo (livre), superou o recorde sul-americano no revezamento 4x50m medley ao fazer 1m40s33. A marca anterior, 1m42s54, era do Esporte Clube Pinheiros, conquistada em 2010.

"Fizemos as contas ontem à noite e vimos que era possível bater esse recorde. Nadamos super bem e acho que foi merecido. Todos nadaram muito bem no seu estilo e fizemos a nossa parte", disse o campeão olímpico e mundial, Cesar Cielo.

"Nadar ao lado de três grandes campões é muita responsabilidade, não podia decepcionar. Eles motivam mesmo e te deixam tranquilo para nadar bem", completou Thiago Parravicini.

As medalhas vieram logo nas primeiras provas do dia. Na disputa dos 100m livre, Cesar Cielo mostrou que está pronto para representar o Brasil no Aberto de Paris e no Mundial de Xangai, suas próximas competições. O campeão olímpico e mundial garantiu a medalha de ouro ao ser o mais rápido, com 49s57, seguido de perto por seu companheiro de treinos, Nicholas Santos (prata) e de Henrique Rodrigues (bronze) fechando o pódio rubro-negro.

"Não tenho do que reclamar. A prova foi bem cedo e levei como um treino de sábado. Foi bom, poderia ter sido melhor, mas ruim não foi. Fiz o meu melhor para ajudar ao Flamengo em mais um dia de competição, que está sendo importante para dar uma motivação ainda maior para Xangai que é o principal foco", declarou Cielo.

Nos 200m costas, o destaque foi mais uma vez, Leonardo de Deus, atleta do Flamengo e do PRO-16. O rubro-negro quebrou o recorde de campeonato com o tempo de 2m02s29 e foi seguido por Pedro Franceschi, também do Flamengo, que garantiu a prata ao fazer a prova em 2m10s01. No Junior, o clube da Gávea teve dois recordes de campeonato batidos, com Thatiane Quirino, no feminino (2m28s89), e Yuri Garanito, no masculino (2m11s95).

Thiago Parravicini brilhou nos 200m peito ao ser o atleta mais eficiente da prova, batendo recorde de campeonato e assegurando o ouro ao fazer o percurso em 2m22s48. Dobradinha rubro-negra no Junior, com Pedro Ferrer (ouro) e Thiago Lima (prata) no pódio.

A dobradinha se repetiu nas duas versões dos 800m livre. Izabela Fortini e Geiza Silva garantiram o ouro e a prata, com 9m34s70 (recorde de campeonato) e 10m50s24, respectivamente. No masculino, Armando Negreiros e André Schultz subiram nos lugares mais altos após uma excelente prova, onde ficaram com o ouro e com a prata (8m26s61 e 8m28s85).

O Flamengo dominou os revezamentos 4x50m medley. O Rubro-Negro foi o grande campeão no Junior (masculino e feminino) e no Sênior (masculino e feminino) e permanece como líder do campeonato.

As disputas do Campeonato Estadual de Inverno terminam na noite desse sábado, com as disputas dos 50m livre, 200m borboleta, 50m peito, 400m livre e dos revezamentos 4x100m medley. O início das provas está marcado para as 17h.