Libras

Notícias

Rubro-negros são campeões do Sul-Americano de Natação pela Seleção Brasileira

Brasil conquista 52 medalhas e termina a competição no primeiro lugar geral

Por - em
No último domingo (11), a Seleção Brasileira encerrou sua participação no Campeonato Sul-Americano 2018 de Natação, realizado no Centro Aquático de Trujillo, no Peru. Ao todo, o Brasil conquistou 52 medalhas e se sagrou como o grande campeão geral da disputa. João De Lucca e Nathália Almeida foram os representantes rubro-negros na competição internacional. João conquistou cinco medalhas para a equipe brasileira, enquanto Nathália ganhou um bronze.


Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Uma bela disputa entre Brasil e Argentina marcou todos os dias de competição. No masculino, os brasileiros somaram 899 pontos e terminaram em primeiro lugar, na frente dos argentinos. Já no feminino, a equipe argentina superou a brasileira, que terminou na segunda colocação com 254 pontos. No geral, o Brasil conquistou o título sul-americano com 1789 pontos.

Além das duas medalhas (ouro no Revezamento 4x100m Livre e prata nos 200m Livre) alcançadas no primeiro dia do torneio, João De Lucca garantiu mais dois ouros e uma prata. O primeiro lugar veio nas provas de Revezamento 4x100m Livre Misto (30m30s81) e no Revezamento 4x200m Livre (7m22s97). A medalha de prata, na prova dos 100m Livre (49s98). O atleta rubro-negro também ficou na quarta colocação nos 50m Livre (23s09), assim como Nathália Almeida, que chegou na mesma posição nos 400m Medley (4m59s63) e em terceiro lugar na prova dos 200m Borboleta (2m18s05).

“O grupo está de parabéns. Todos foram muito bem para que a gente saísse com esse primeiro lugar no geral. O Brasil tem, por exemplo, grande tradição no revezamento e conseguimos mostrar mais uma vez a nossa força”, comemorou João. 

Agora, a equipe rubro-negra segue a preparação para o Campeonato Carioca Júnior e Sênior de Natação, que será disputado nos dias 15 e 16 de novembro, na piscina do Botafogo FR. 


As equipes de natação do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Furnas, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.