Libras

Notícias

Flamengo é campeão estadual Sub-17 de Polo Aquático masculino

Equipes Sub-13 masculina e Sub-16 feminina ficaram com o vice-campeonato

Por - em
O Flamengo conquistou o título do Campeonato Estadual de Polo Aquático da categoria Sub-17 masculino neste domingo (19). No Mourisco, sede no Botafogo, a equipe Sub-13 ficou com o vice-campeonato, assim como o Sub-16 feminino. 

Por contar com poucas equipes, a competição é disputada em apenas um final de semana. Os rubro-negros campeões venceram seus dois compromissos, fazendo 10 a 4 no Botafogo e 9 a 4 em cima do Fluminense. O Sub-13 começou goleando o alvinegro por 17 a 1, mas acabou superado pelo tricolor por 3 a 2, ficando com a prata. O feminino acabou derrotado pelas donas da casa na única partida disputada, com placar final de 9 a 4. 

Capitão da equipe campeã, Felipe Carelli analisou o campeonato e comemorou a conquista.

"Começamos a competição muito bem, porém com alguns erros que ao longo do campeonato conseguimos acertar e melhorar o nosso desempenho. Acredito que ainda tenhamos de melhorar em alguns pontos para o Brasileiro Interclubes, que acontecerá de 20 a 23 de setembro", comentou, completando. "É uma satisfação muito grande poder levantar a taça honrando o Manto rubro-negro. É a primeira vez que essa categoria é campeã e, para mim, que estou no time desde o começo, é algo realmente incrível. Fico feliz também por ter apenas dois atletas do time da categoria Sub-17 de fato, todos outros são mais novos e isso se dá ao excelente trabalho dos nossos treinadores, George Chaia, Illana Pinheiro e André Vieira".

As próximas equipes do Mais Querido a entrarem em ação pelo Estadual são Sub-15 e Sub-20. O rubro negro disputa a competição das categorias nos dias 1 e 2 de setembro.

As equipes de polo aquático do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.