Libras

Notícias

Flamengo encara sequência de jogos em São Paulo pela Liga PAB

Equipe masculina fará três partidas ao longo do final de semana

Por - em
Após um mês de hiato, o Flamengo volta a atuar pelo 1º turno da Liga de Polo Aquático Brasil neste fim de semana. A partir de sexta-feira (25), a equipe masculina encara uma sequência de três partidas em São Paulo. A primeira, contra o Esporte Clube Pinheiros, na casa do adversário, acontece às 20h. No dia seguinte, a mesma piscina recebe o confronto entre o Mais Querido e o time do Sesi, às 15h30, e fechando o turno, Flamengo e Paulistano se enfrentam no domingo (27), às 9h30, na piscina do Sesi.

Comandado pelo técnico George Chaia, o Rubro-Negro soma duas vitórias e duas derrotas na competição. Após começar o torneio sofrendo o revés em duas ocasiões, para Botafogo (8 a 5) e Fluminense (11 a 8), o Mais Querido se recuperou e conseguiu derrotar o Clube Paineiras do Morumby pelo placar apertado de 14 a 13, e a Associação Brasileira de Desportes Aquáticos por 15 a 10.

“São três jogos muito difíceis, principalmente porque estamos jogando fora de casa e é sempre complicado jogar fora. São três equipes muito boas, mas o nosso pensamento é tentar botar em prática tudo que treinamos para tentar dificultar ao máximo a vida deles, beliscar um resultado bom em São Paulo e, no returno, brigar de igual para igual aqui na nossa casa”, afirmou o treinador.

A segunda fase da competição começa apenas em outubro, com a primeira partida do Mais Querido marcada para a sexta-feira, dia 5, às 19h30, contra o Sesi. Até lá, o Rubro-Negro volta as atenções para a disputa do Brasil Open de Polo Aquático, entre os dias 11 e 16 de junho, ainda sem local confirmado.

As equipes de polo aquático do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.