Libras

Notícias

Rafael Hall é o novo treinador das categorias de base do polo aquático rubro-negro

Técnico retorna ao Mais Querido em busca de novos desafios

Por - em
O bom filho à casa torna! A frase cabe bem ao novo treinador das categorias de base do polo aquático rubro-negro. Rafael Hall, técnico das equipes Sub-16 e Sub-19 da Seleção Brasileira, está de volta à Gávea para comandar os meninos do Mais Querido e terá pela frente o desafio de tornar a base rubro-negra ainda mais forte, conquistando títulos e revelando novos talentos para a modalidade.

Após cinco anos longe do Flamengo, Rafael retornou ao clube em busca de uma melhor estrutura de trabalho e crescimento profissional. Em sua vasta experiência atuando nas divisões de base, Hall obteve conquistas importantes que enriqueceram o seu currículo. Entre elas, estão o Campeonato Pan-Americano Sub-19, o Sul-Americano Sub-16, mais de dez títulos nacionais e 20 estaduais em categorias de base (mais da metade pelo Flamengo). O novo comandante rubro-negro também foi um atleta de destaque, com passagens pela Seleção Brasileira da modalidade.

Foto: Luiza Moraes
Ao Site Oficial, Rafael Hall comentou sobre sua volta ao clube que, segundo ele, mostra grande evolução desde a sua última passagem pelo Mais Querido.

“Retornei ao Flamengo em busca de uma melhor estrutura de trabalho e excelência profissional. Hoje em dia, ter um ambiente favorável ao desenvolvimento da modalidade em um clube que respira esporte é de fundamental importância. O Fla sempre teve uma base forte, tanto no masculino, quanto no feminino, onde tradicionalmente participa das competições em busca de títulos e das primeiras posições”, disse o novo comandante, para completar falando sobre os principais rivais do Rubro-Negro e as suas expectativas para a atual temporada.

“No Rio, o nosso maior adversário é o Fluminense e à nível nacional, além dos clubes tradicionais como Pinheiros e Paineiras do Morumby, existem dois grandes projetos de nível internacional que são o SESI São Paulo e ABDA de Bauru. Para este ano, considero que nosso elenco está muito forte e as expectativas são as melhores possíveis, pois temos à nossa disposição instalações de alto nível, como a modernização do parque aquático e investimento nos profissionais e nos atletas. Com isso, aumenta a nossa capacidade técnica, física e principalmente emocional”, finalizou.

Confira algumas passagens importantes do novo técnico do Fla:

- Técnico da equipe da AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras)
- Coordenador e técnico do Tijuca Tênis Clube
- Supervisor do polo aquático brasileiro nos Jogos Olímpicos Rio 2016
- Técnico do Colégio Santa Mônica
- Atual treinador das equipes Sub-16 e Sub-19 da Seleção Brasileira / Sub-16 e Sub-18 do Flamengo


As equipes de polo aquático do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Estácio e Rede D’or  – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.