Libras

Notícias

Vitórias importantes marcam a estreia do Flamengo no Brasileiro Interclubes Sub-20 de Polo Aquático

Primeira etapa aconteceu entre os dias 2 e 5 de maio nas piscinas da ABDA, em São Paulo

Por - em
Foto: SWY | Films
As equipes rubro-negras de polo aquático estrearam na 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-20 da modalidade na última semana, nas piscinas do ABDA, em São Paulo. Em ambos os naipes, o Mais Querido conseguiu importantes vitórias neste início de caminhada na competição.

No masculino, o time rubro-negro enfrentou os donos da casa na estreia e foi superado por 9 a 6, mas se recuperou na partida seguinte e venceu a Sociedade Hípica de Bauru por 20 a 9. No último confronto desta primeira fase, o Mengão derrotou o Fluminense por 15 a 8 e terminou na segunda posição do Grupo A, com sete pontos.

“Foi uma etapa bastante positiva, conseguimos duas vitórias importantes sobre a Hípica Bauru e Fluminense. A única derrota que tivemos foi na estreia contra a ABDA, com a equipe sem jogar há muito tempo e com pouco ritmo de jogo. Na próxima fase, vamos com tudo para garantir uma vaga nas finais”, afirmou George Chaia, técnico rubro-negro.

Na disputa do feminino, as rubro-negras também não tiveram uma estreia positiva, sendo superadas pelo Paineiras do Morumby por 11 a 7. No segundo confronto, entretanto, o Flamengo venceu o Botafogo pelo placar de 16 a 9. Na terceira partida, o Fla encarou o Pinheiros e não conseguiu o resultado positivo: 10 a 4 para a equipe paulista. Novamente, o Mais Querido enfrentou o Botafogo e, desta vez, o duelo terminou empatado por 10 a 10. No último jogo da primeira etapa, o Rubro-Negro derrotou o SESI por 10 a 8 e ficou com a terceira colocação do Grupo A, somando cinco pontos.

A segunda fase e as finais do Brasileiro Interclubes Sub-20 serão disputadas em casa, entre os dias 24 e 27 de outubro, nas piscinas do Clube de Regatas do Flamengo, no Rio de Janeiro. As equipes rubro-negras de ambos os naipes estão classificadas para as fases decisivas.


As equipes de polo aquático do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Estácio e Rede D’or  – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.