Libras

Notícias

Sesc RJ Flamengo vira série contra Osasco e avança para a semifinal da Superliga

Equipe comandada pelo técnico Bernardinho superou o rival no confronto decisivo, em Osasco, nesta sexta, por 3-1 e vai encarar o Praia Clube

Por - em

Na raça! O Sesc RJ Flamengo se classificou para as semifinais da Superliga feminina de vôlei. Em uma partida exuberante, o time comandado pelo técnico Bernardinho dominou o Osasco, fez 3-1 (28-26, 25-18, 13-25 e 25-20) e fechou a série melhor de três das quartas de final por 2 a 1. Agora, o time carioca terá pela frente o Dentil Praia Clube, de Uberlândia, com o primeiro jogo já marcado para a próxima sexta-feira (08.04), às 18h30, na casa do time mineiro.

Eleita a melhor em quadra, e grande figura da campanha de recuperação do Sesc RJ Flamengo na Superliga, a levantadora Giovana não conseguiu segurar as lágrimas de emoção. Ao levar sua equipe para a semifinal, comemorou muito sua primeira participação como titular nesta fase da competição.

“É até difícil falar alguma coisa. Esta deve ser minha 10ª Superliga e é a primeira vez que passo para uma semifinal como titular de um time. É o momento mais importante da minha carreira e agradeço muito a esse grupo. É um grupo maravilhoso e essa vitória é nossa. Todo mundo se dedicou muito e trabalhou muito para estar aqui”, disse Giovana.

Sabendo que precisavam manter a tranquilidade para sair de Osasco com a classificação para a semifinal, as jogadoras do Sesc RJ Flamengo dominaram o jogo a maior parte do tempo. Com um volume de jogo impressionante, o time rubro-negro passava a responsabilidade para o outro lado e contou com a falta de paciência da equipe paulista, que cedeu 21 pontos em erros.

“A gente sentiu um pouco o primeiro jogo aqui. Sem a nossa torcida, que vinha levando a gente para frente, sentimos. Mas no segundo confronto, reencontramos eles e foi uma energia incrível. Vencemos e trouxemos isso para cá, hoje. Está todo mundo de parabéns. O time e a torcida, que sempre esteve conosco”, finalizou Giovana.

Além de Giovana, as ponteiras Pena e Maira brilharam muito na vitória desta sexta. Além de serem as principais armas ofensivas do Sesc RJ Flamengo, mantiveram um percentual altíssimo de passes precisos. A dominicana, muito caçada pelo saque de Osasco, terminou o jogo com 84% de aproveitamento no fundamento enquanto Maira ficou com 74%.

Será a primeira vez em que Praia Clube e Sesc RJ Flamengo se encaram numa semifinal de Superliga. As duas equipes já disputaram o título em suas ocasiões. Na temporada 15/16, o time comandado pelo técnico Bernardinho saiu com o título, em final única, disputada em Brasília. Na temporada 17/18, o projeto de Uberlândia chegou ao seu primeiro troféu da competição. Após perder o primeiro jogo no Rio de Janeiro, venceu o segundo e o Golden set.