Libras

Notícias

Atletas rubro-negros ajudam o Brasil a conquistar o título do Sul-Americano de Esportes Aquáticos

Mais Querido foi representado por 13 atletas e dois treinadores em três modalidades

Por - em
O Brasil foi campeão geral do Sul-Americano de Esportes Aquáticos com show dos atletas rubro-negros! Em Lima, no Peru, a competição encerrada no dia 11 de novembro contou com treze atletas e dois treinadores do Mais Querido em três modalidades. O país conquistou 78 medalhas no total.



Na natação, João De Lucca e Nathalia Almeida foram os rubro-negros convocados para a disputa. João brilhou e conquistou três ouros nos revezamentos 4x100m Livre, 4x200m Livre e 4x100m Livre Misto e duas pratas nos 100m Livre e 200m Livre. Naná voltou com a medalha de bronze nos 200m Borboleta.
No polo aquático, ouro para as seleções brasileiras masculina e feminina. O central rubro-negro Heitor Carrulo e o treinador George Chaia, que atuou como assistente técnico, representaram o Flamengo entre os homens, enquanto a atacante Samantha Ferreira esteve na disputa feminina.


O nado artístico também foi muito bem representado pelas rubro-negras Giovana Stephan, Maria Clara Lobo, Lorena Molinos, Maria Eduarda Miccuci, Laura Miccuci, Gabriela Regly, Jullia Catharino e Jaddy Portela, que conquistaram o ouro no Combo. Ao lado de Renan Alcântara, Giovana garantiu mais uma medalha dourada no Dueto Misto e Maria Clara Lobo ficou com a prata no Dueto Livre. A treinadora Roberta Perillier estava à frente da Seleção.

As equipes de natação do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Furnas, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.